fbpx

Jornadas do Boi Velho arrancaram no Vinum em Gaia

Semana Gastronómica do Boi Velho

Os animais servidos na Semana Gastronómica do Boi Velho, que arranca hoje no Vinum, nas caves da Graham’s, em Gaia, são escolhidos a dedo por Imanol Jaca, especialista basco em carne bovina, que faz da procura dos melhores animais em lugares recônditos de toda a Europa a sua vida.

Além de costeletão de Boi Velho de Minhotães, o menu apresenta também carne de vaca velha da Galiza, no Vinum em Vila Nova de Gaia.

Os melhores animais escolhidos pelo especialiasta Imanol Jaca.

Raças e denominação

Na apresentação do evento, Jaca desfez alguns mitos, como a importância das raças e denominação na qualidade de carne. «Não tem importância, é como falar, por exemplo, de duas pessoas irlandesas, não é por serem irlandesas que vão ser iguais», diz.

Corte e maturação de carnes

O que interessa ao especialista é como animal foi tratado durante a vida e a sua alimentação. O responsável há mais de duas décadas pela empresa basca Txogitxu  vai à procura de pequenos produtores e dos animais que os acompanharam no trabalho durante vários anos.

Além de costeletão de Boi Velho de Minhotães, o menu apresenta também carne de vaca velha da Galiza, no Vinum em Vila Nova de Gaia.

Semana Gastronómica do Boi Velho – Vila Nova de Gaia.

Concelho de Minhotães

Para se perceber se a carne de um animal velho é boa, é preciso que tenha muita gordura e que esta tenha uma textura de manteiga. Para a Semana do Boi Velho deste ano, escolheu-se animais de Minhotães, aldeia no concelho de Barcelos. Ambas são servidas com corte de costeletão, grelhado em carvão de alta qualidade.

Além de costeletão de Boi Velho de Minhotães, o menu apresenta também carne de vaca velha da Galiza, no Vinum em Vila Nova de Gaia.

O evento prolonga-se durante três semanas, ou pelo menos enquanto as quantidades limitadas da carne o permitirem. Recomenda-se reserva.

 

Adaptado de: Evasões