La Perla: a empresa que está em Gaia de «pedra e cal»

Sofisticação, profissionalismo, qualidade e compromisso. Na essência da empresa La Perla, instalada em Valadares, estão características ímpares que fazem com que potenciais investidores sintam que vale a pena apostar neste concelho. Hoje com trezentos trabalhadores, essencialmente mulheres, a empresa encerra uma primeira fase de investimento, com novas instalações e mão-de-obra qualificada, jovem e apta a acompanhar o percurso promissor da entidade. Todavia, conhecer o presente da La Perla é, também, recuar ao passado e a tempos que não auguravam um futuro tão esperançoso e, até, a uma eventual saída da empresa do concelho.

Em 2014, a reativação da Cerâmica de Valadares nasceu de um acordo que teve uma forte intervenção do presidente da Câmara Municipal de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues. Depois de meses de negociações, o acordo pressupunha que uma parte das instalações da Cerâmica de Valadares ficasse sob a responsabilidade da empresa italiana de roupa interior La Perla. A autarquia comprometeu-se, ainda, a isentar do pagamento de licenças e taxas tanto a ARCH como a La Perla, contribuindo para o ressurgimento e manutenção no concelho de duas empresas com impactos relevantes para a freguesia e para a cidade.

E assim foi. Três anos depois, o presidente da autarquia visitou as novas instalações, contactando de perto com funcionárias que acompanham esta empresa desde a sua fundação, em 1989, até ao núcleo mais jovem – graças ao aumento da produção, a necessidade de recrutamento tornou-se evidente. Este foi um momento de grande orgulho, já que o crescimento da La Perla está, invariavelmente, associado à recuperação e à resolução do problema da Cerâmica de Valadares, sendo a prova de que vale a pena investir em Gaia. “A região é extraordinária. Existe um clima único do ponto de vista infraestrutural, mas também na perspetiva dos recursos humanos. Na La Perla há um potencial de crescimento enorme que queremos incentivar porque os municípios devem desempenhar um papel importante nesta dimensão da atratividade económica, emprego e investimento”, salientou Eduardo Vítor Rodrigues. Este ponto de vista é, inquestionavelmente, partilhado por António Pimentel, diretor da La Perla: vale muito a pena investir em Gaia. “A Câmara Municipal tem uma iniciativa de atração ao investimento e de facilitação, ajudando as empresas que queiram instalar-se no concelho. Isso, para nós, tem um significado muito importante. Por outro lado, tem infraestruturas públicas muito confortáveis, além dos acessos e vias de transporte. Gaia tem condições para atrair empresas com características diferentes”, evidenciou, descrevendo ainda a informalidade desta visita: “Faz hoje três anos que tomámos a decisão de adquirir este edifício e dar início ao investimento, com um grande impulso do presidente da Câmara Municipal (…). Foi este impulso que nos fez ficar e arrancar nesta direção”, recordou António Pimentel.

Leave a Comment