fbpx

No Douro acaba morto – Salto fatal

Salto fatal no rio Douro

Bruno Coutinho tenta mergulhar no rio Douro e acaba morto. Bateu com a cabeça em escadarias quando tentava lançar-se à água.

Bruno Coutinho tenta mergulhar no rio Douro e acaba morto. Bateu com a cabeça em escadarias quando tentava lançar-se à água.

Vítima estaria embriagada e caiu de cabeça nas escadas da Ribeira do Porto. Membro da claque dos Super Dragões terá sido desafiado pelos amigos a mergulhar no rio Douro. Bruno Coutinho, de 33 anos, estava a divertir-se, na madrugada desta terça-feira,com os seus amigos na Ribeira do Porto.

De acordo com fonte policial, a vítima estaria alcoolizada. Condenado a sete anos de cadeia no processo do gangue de Valbom, encontrava-se em liberdade condicional. Quando tentou dar um mergulho no rio Douro, caiu e bateu com a cabeça nas escadarias.

Ainda transportaram a vítima ao hospital, mas Bruno Coutinho acabaria por não resistir. Era solteiro, segurança em discotecas da cidade do Porto e morava no Bairro de São Roque e tinha perdido a mãe há cerca de um mês. O incidente aconteceu numa noite em que as bebidas alcoólicas são mais baratas sendo considerada “de bastante lucro” para os comerciantes.

“Estou convencido que tudo aconteceu numa noite de muita folia, a intenção dele era cair na água, mas caiu nas escadas”, disse Gastão Teixeira. Outra testemunha fala numa aposta entre amigos, versão não confirmada pelas autoridades. Ontem, à tarde, um grupo de amigos foi ao local do acidente, onde eram visíveis as marcas da queda e deixaram uma coroa de flores no rio em homenagem.

“Quando ele caiu, alguns amigos aperceberam-se e vieram logo a correr. Eram muitos a tentar tirá-lo das escadas e a socorrê-lo”, contou  Gastão Teixeira, figura incontornável de salvamentos na Ribeira.

Bruno Coutinho tenta mergulhar no rio Douro e acaba morto. Bateu com a cabeça em escadarias quando tentava lançar-se à água.

Vestígios de sangue ainda visíveis de Bruno Coutinho

 

Adaptado de: Correio da Manha